segunda-feira, 30 de maio de 2011

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Territórios Megalíticos - Évora: Anta Grande do Zambujeiro

A intervenção do MAEDS (1985-87) na Anta Grande do Zambujeiro foi agora publicada por Joaquina Soares e Carlos Tavares da Silva, na Revista MUSA.
Apresenta-se pela primeira vez a arquitectura deste monumento com base nos levantamentos fotogramétricos, as quatro sondagens realizadas (câmara, corredor e nas duas estelas existentes no exterior) e alguns dos materiais recolhidos.






















Bibliografia:
SOARES, J; SILVA, C. T. (2010) - Anta Grande do Zambujeiro - arquitectura e poder. Intervenção arqueoloógica do MAEDS, 1985-87. MUSA. 3. Setúbal: FIDS&MAEDS, p. 83-129.

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Contextos funerários Mesolíticos

De novo em estudo através dos projectos internacionais em execução para o Tejo (direcção de Nuno Bicho) e para o Sado (direcção de Pablo Arias Cabal e Mariana Diniz).
Algumas imagens da exposição sobre os concheiros do Tejo, em Salvaterra de Magos.







quarta-feira, 18 de maio de 2011

Territórios Megalíticos - Reguengos de Monsaraz: Anta 9 das Areias















Monumento que se apresentava já muito destruído na segunda metade do séc. XX, de acordo com a descrição do casal Leisner, subsistindo apenas "3 esteios de uma câmara poliginal de ca. 2,20m de diâmetro e 1,60m de altura. Um esteio do corredor conservado. Tumulus: destruído"  (Leisner e Leisner, 1951: 274)
Meio século depois, a situação não se alterou...

domingo, 15 de maio de 2011

Territórios Megalíticos - Évora: Anta da Mitra 2




















A Anta 2 da Mitra situa-se na Herdade da Mitra, propriedade da Universidade de Évora.
Encontra-se implantada num terreno ligeiramente inclinado para SE, em área agrícola, por entre afloramentos graníticos, sobreiros e velhas oliveiras.
Foi referida, pela primeira vez, pelo casal Leisner (Leisner e Leisner, 1959) e "escavada" nos finais dos anos sessenta e início dos anos setenta, do século XX, por um grupo amador de arqueologia de Évora.
Os materiais recolhidos no âmbito desta intervenção encontram-se, actualmente, depositados no Museu de Évora.
Ficou esquecida até aos finais do séc. XX altura em que, devido à realização de trabalhos agrícolas na área do corredor se inicia um novo projecto de salvamento/investigação, desta vez sob a direcção do Prof. Doutor Jorge de Oliveira e da Drª Sara Ramos.
O resultado destes trabalhos constituem o tema da dissertação de mestrado em Arqueologia que a Drª Sara se encontra a realizar, sob a orientação do Prof. Jorge de Oliveira, na Universidade de Évora.

O monumento em granito, possuí uma câmara poligonal, com 8 esteios e um corredor médio. A mamoa ainda se encontra bem visível.

Sob a orientação dos referidos investigadores inciaram-se em Maio os trabalhos da última campanha, com alunos do 1º e 2º Ciclo da Universidade de Évora. A escavação da câmara já se encontra concluída. 

domingo, 8 de maio de 2011

Territórios Megalíticos - Évora: Anta de S. Bento do Mato






A anta de S. Bento do Mato integra o conjunto de monumentos que poderemos considerar de antas-capelas. De facto, parte da sua estrutura (câmara) foi integrada no altar mor da igreja, com o mesmo nome.
Do monumento pré-histórico apenas se podem ver dois esteios da câmara in situ e um tombado, integrados na parede exterior.

terça-feira, 3 de maio de 2011

Publicações XX




















Título: As placas de xisto gravadas (e os báculos) do sítio do Monte da Barca (Coruche)

Colecção: Cadernos da UNIARQ 7
Autor: Victor S. Gonçalves
Ano: 2011