sexta-feira, 19 de março de 2010

Lapa do Bugio (Sesimbra)

A Lapa do Bugio, também conhecida por Estação Isabel, foi descoberta a 16 de Outubro de 1957, por Rafael Monteiro. A primeira campanha de escavações realizou-se ainda em Outubro de 1957, com a abertura de duas pequenas sondagens.
Os contextos funerários encontravam-se, segundo os arqueólogos responsáveis por esta intervenção "...a pouca profundidade e sob lajes, junto das paredes e até ao meio da gruta" (p. 413).
Esta primeira escavação forneceu um abundante espólio: cerâmica, placas de xisto e de arenito, instrumentos de pedra polida e lascada, 2 lagomorfos em osso, ligados pelas pernas traseiras, cilindro de calcário, entre outros.
(R. Monteiro; E.C.Serrão, "Estação Isabel", in Actas e Memórias do I Congresso Nacional de Arqueologia, p. 407-429)