quinta-feira, 29 de julho de 2010

Béziers - Le Crès (França)

O sítio apresenta duas fases de ocupação: uma do Neolítico e outra da Época Romana.
Em relação às estruturas funerárias neolíticas de destacar a grande variedade e densidade de estruturas.
Das inumações individuais às múltiplas, das pequenas às grandes fossas funerárias... tudo parece ter sido planeado. O excelente estado de conservação dos restos osteológicos permitiu identificar idades, sexos e rituais funerários.
Em três das fossas encontravam-se também enterrados 7 canídeos.