segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

ALCALAR para os mais pequenos



































"... e chegados àquele edifício estranho, os Meninos entraram num corredor estreito. E, passado o último limiar, penetraram numa sala escura, com uma parede redonda em toda a volta. E de repente, saindo de um buraco aberto no muro, como que numa cápsula sem tempo, ali estava, perante eles, o jovem guerreiro..."
R. Parreira, IPPAR, 2009